Ju Keendo

Ju Keendo nasceu em Canhamina uma pequena vila em Bafatá, a segunda maior cidade da Guiné-Bissau, com uma população estimada em 2010 em cerca de 34.760 habitantes.

Como qualquer criança, nasceu com o sonho de querer fazer algo importante quando crescesse.

 Keendo nunca pensou em ser cantor, porque a bola, particularmente o futebol 11 ocupava o seu dia-a-dia, a sua habilidade era tanta, que até foi logo chamado para jogar nos Juniores de Diabos de Banculém, passou desde então a residir no Bairro Militar em Bissau, capital do país.

Mais tarde, transferiu-se para o Arsenal FC, Keendo chegou a conquistar o prémio de melhor guarda-redes na época, no campeonato de Bairro militar de camada juvenil.

A sua paixão pela música, começou quando participou num concurso de Freestyle para descoberta dos novos talentos realizado no programa Ondas Culturais da Rádio Jovem, em 2008. A partir daí, Ju dedicou-se á arte, criando os seus versos líricos, depois foi juntar-se ao grupo musical de estilo Rap chamado 4Back Power que não durou muito tempo. Por convite, juntou-se ao grupo Pass Hoff, também de Rap.

 Passou por grandes turbulências na sua vida e em 2003 decidiu ir estudar “Alcorão” em Tchalana uma vila pequena que fica há alguns quilómetros de Mansoa, norte de país.

Em Tchalana, Keendo desapareceu na mata após terem entrado num campo minado, foi aí que dois dos seus colegas morreram devido a explosão da mina, ele sobreviveu por sorte, tendo ficado apenas inconsciente.

 Na altura, Keendo foi dado como morto pelos familiares, mas felizmente foi encontrado por uns caçadores da zona depois de mais de uma semana desemparado.

Ju Keendo é conhecido pela sua forma particular de compor e interpretar na etnia “fula”, a sua língua materna.

Fez amizade com um dos maiores expoentes da música africana, Diamond Platnumz de Tanzânia e está a preparar surpresas boas para o seu primeiro álbum discográfico.

AGENDAR

QUER RESERVAR?

magnifiercross